quarta-feira, 26 de janeiro de 2011


Não sei ao certo o que escrever, continuo a pensar nas inúmeras palavras que tenho para te dizer , acalmam-me e inquietam-me , são tipo abraço e desapego! Sinceramente tenho medo deste gostar de ti , deste gostar mais do que querer .. Mas eu sinto e abraço , envolvo-me , fecho os olhos .. Algo me encaminha , algo inexplicável me levou para junto de ti…









Eu voltei , e voltei a fugir … Mas já não conseguia estar sem ti, havia no teu lugar uma espécie de conforto , havia uma voz que gritava , havia um silencio que me chamava e me pedia para ficar .. e eu fico…!









Há aqui dentro do meu peito um gostar de ti , ao qual me agarro perdidamente .. Há algo que me desnuda e me completa , há uma necessidade de ficar para sempre do teu lado, eu fico e sinto .. eu ouço a tua voz e o meu coração explode .. eu olho e toda eu sou inquietação , tu sorris e há um mundo que nos isola , e eu sorrio e há um querer implícito .. descodificado no amor que nos uniu, no beijo que demos.









Eu tenho a certeza que " Nada acontece por acaso " , Tu e eu já estávamos destinados, é loucura pensar assim? Lol então não me importo que me chamem louca, parva, inconsciente, criança, apaixonada, lamechas….AMO-TE <3 e isso sim para mim basta!















Meu amor,













Pedro David Pereira Brázio

2 comentários:

gabriela marques. disse...

Eu sinto saudade da época em que me alcunharam de apaixonada, sabe... o único problema é que o sentimento se vai e a alcunha fica.

Encontrei seu Blog por acaso, e resolvi fazer-te uma visita, espero que não se importe.

Soraia B. disse...

Felicidades princesa :D